sábado, 26 de setembro de 2015

Serão os produtos alimentares "sem glúten" seguros para os doentes Celíacos?

Além de caros, serão os produtos alimentares "sem glúten" seguros para os doentes Celíacos? Pois bem numa publicação que fiz na página oficial do facebook do blog JunkFood Unmask (ver link, para poder ver toda a história desta publicação), sobre um dos produtos alimentares deste género fui fortemente atacado e inclusivamente ameaçado por mensagem privada.

Felizmente a Ciência tem nos trazido muitas respostas ao mundo da nutrição. Para não alimentar mais polémica deixo aqui um estudo publicado para que os interessados possam tirar as suas próprias conclusões:
O aumento observado em respostas de anticorpos para algumas (foram 5 grupos de proteínas sem glúten do trigo) proteínas do trigo sem glúten específicas levanta a questão óbvia de a resposta imune identificado pode ser relevante para o mecanismo patogénico da doença celíaca, já que numa reposta similar à dada a proteínas do trigo com glúten, as proteínas do trigo sem glúten como a serpina são resistentes à digestão, sendo também possível que os anticorpos detectados nas proteínas do trigo sem glúten ajudem a contribuir para a lesão da mucosa.

Embora pesquisas futuras devam investigar de uma maneira mais profunda para poder esclarecer até que ponto um produto alimentar (industrializado) sem glúten é viável ou não, a minha opinião é clara: comam alimentos de verdade! Mantenham-se numa alimentação sem glúten, mas não comam "Sem Glúten".

De resto este post, não serve para atacar ninguém, apenas para expressar a minha opinião e sobretudo para partilhar mais um artigo com base cientifica.


sexta-feira, 4 de setembro de 2015

A (des)informação continua....

Informação é poder...e o ditado popular não deixa enganar "em terra de cego....."

Imagem retirada de uma revista de "saúde" que esteve nas bancas no mês de Agosto.
Não tem faltado literatura cientifica, no que toca ao efeito da exposição ao Glúten sobre a permeabilidade intestinal em TODOS os indivíduos, independentemente da existência ou não de doença celíaca. Ver aqui:
Effect of Gliadin on Permeability of Intestinal Biopsy Explants from Celiac Disease Patients and Patients with Non-Celiac Gluten Sensitivity

Há algum risco de viver com uma dieta sem Gluten? ZERO! (A nossa história evolutiva tem a resposta a essa pergunta!)

Já o risco e consequências de uma dieta com Glúten são enumeras e todas elas podem nos direccionar a doenças auto imunes, graças à permeabilidade intestinal causada por vários factores (entre outros factores, álcool, anti-nutrientes, saponinas, e...glúten!)

Representação de um modelo proposto para o início de doenças auto imunes.
Há uma variedade de doenças em que foi sugerido que a permeabilidade é importante.


Modelo hipotético da contribuição permeabilidade para a diabetes tipo 1.
Acho que a ciência no tem indicado que o glúten pode contribuir para doenças auto-imunes. Tanto in vitro como in vivo há a demonstração que a gliadina pode aumentar a permeabilidade intestinal e activar o sistema imunitário e com isso quero dizer que não faz sentido nenhum a afirmação contida na primeira imagem. Não, o gluten não deve ser parte integrante da nossa alimentação.

Talvez deva parecer um Alien por não querer tocar em glúten, mas não faço mais do aquilo que eu próprio acredito como sendo o correcto.