quarta-feira, 3 de setembro de 2014

SAL: Danos de uma Dieta Rica em Hidratos de Carbono


O que é que o consumo de hidratos de carbono tem a ver com o sal, mais propriamente com o sódio??

Ao contrário do que possam pensar a questão do sódio dentro do nosso corpo, não está apenas ligada à quantidade de sal ingerido na nossa dieta. O sistema renal regula a excreção ou absorção do sal mediante os sinais recebidos pelo nosso corpo. Sinais esses que têm a ver com a perda de sódio através da urina e do suor, com a ingestão de sal na dieta e também com a as hormonas (insulina) que actuam sobre o rim.

A insulina, que age directamente sobre o rim, e que é segregada pelo pâncreas com a função de reduzir o açúcar circulante após uma refeição com hidratos de carbono, tem também a função de sinalizar ao rim para reabsorver o sódio (assim que há chega de glicose). Curiosamente após um jejum prolongado, a ingestão de HC conduz a um aumento tanto de glicose (e insulina) como aumenta a retenção de sódio no rim e isso mesmo pode ser visto aqui

Mas isto não é nenhuma novidade, sobretudo para quem está habituado com dietas low-carb ou cetogénicas, pois este tipo de dieta resulta (inicialmente) inevitavelmente numa perda de água e isto porque quando a insulina cai, esta permite que os rins parem de reter sódio.
O contrário também é verdade, dietas baixas em sal e ricas em hidratos de carbono podem contribuir para um aumento de resistência à insulina (e de gordura corporal). Ver aqui.

O que estes estudos que aqui apresentei nos dizem é que a redução de sódio na dieta pouco contribui para baixar a tensão arterial e podendo até levar a um aumento de resistência à insulina.
Para aqueles que treinam afincadamente têm uma maior perda de sódio (muitas vezes maior do que a ingestão diária recomendada), devem também por este motivo pensar bem antes de retirar o sal da alimentação.  

Será que devemos comer menos sal?
Se estamos a seguir uma dieta saudável com um nível baixo de hidratos de carbono (mesmo o que comem mal, como vimos, não têm assim tantas vantagens) devemos até aumentar a ingestão de sal (especialmente na hora do treino), mas sal de qualidade. Nunca o sal de mesa refinado que é bastante inferior ao sal marinho natural que contém uma quantidade significativa de sais minerais e que tem sido demonstrado que proporcionam muitos benefícios para a saúde.



Sem comentários:

Enviar um comentário