terça-feira, 6 de setembro de 2016

Suplementos "All in One"?!

É interessante perceber o fenómeno pelo qual "todos" os frequentadores de ginásios acham que sabem sobre treino, nutrição e suplementação. Ou porque já treinam há muito tempo ou porque já tomaram uns suplementos e leram todo o Marketing das revistas e sites de musculação, a verdade é que grande parte dos consumidores de suplementos raramente se aconselham com profissionais, mas sim com o amigo que também toma ou com o "maior musculado" do ginásio.

E é aqui que entra o título deste artigo. O JUMBO é talvez dos mais conhecidos suplementos do mercado (talvez por ser da marca de suplementos que melhor uso fa kmz do markting) e é tudo aquilo que um atleta não deve procurar: um "Super Cocktail de substâncias para aumento de Massa Muscular".

Super Cocktail? Mas onde está a individualidade do Atleta?!?! Vamos juntar tudo o que há, inclusivamente ingredientes que até não se devem conjugar ao mesmo tempo?
Terá alguma lógica um atleta de 70kg suplementar com as mesmas quantidades de um atleta de 100kg? A verdade é que cada scoop tem sempre o mesmo rácio entre cada nutriente, não é possível aumentar a quantidade, por exemplo, de proteína no batido sem que com isso aumente também a quantidade de todos os outros ingredientes!
Terá alguma lógica um jogador de futebol suplementar em  iguais quantidades a um culturista ou a um atleta de BTT??
E como vai tomar este batido? Depois do treino? Pois, mas se for para tomar depois do treino talvez a aveia presente neste batido não seja a melhor escolha. E o que dizer da Arginina? Talvez também não precises da quantidade de macro nutrientes que oferece cada dose do batido.
Antes do treino? Pois mas talvez a Dextrose também não seja, DE TODO, a melhor opção para tomar antes do treino. E usar Frutose (isolado da fruta) já vimos aqui no Blog que não é uma boa opção para tomar a nenhuma altura do dia...
Ao deitar? Talvez o rácio de macro nutrientes esteja desequilibrado. E Creatina ao deitar? Arginina ao deitar? Fonte de Proteína que estimula a insulina ao deitar?
50g de Proteína por serviço?!?!? Talvez se o atleta pesar mais de 110kg, talvez tire proveito desta quantidade, caso contrário faria mais sentido dividir esta quantidade em duas tomas.
Seis fontes de Creatina? Para quem não sabe o que está a ler pode encher o olho, mas e que tal usar apenas o que melhor funciona e que está realmente estudado: Monohidrato de Creatina?!? Por exemplo a Creatina malato é formada por creatina e ácido málico (que neste caso tem duas bases, uma com 3 moléculas de creatina + 1 de ácido málico = Tri-creatina Malato e outra com 2 moléculas de de creatina + 1 de ácido málico = Di Creatina Malato, mas onde estão os estudos a referir que estas formulas de creatina são mais estáveis ou eficazes em relação ao monohidrato de creatina?)
Então para quem é que serve este suplemento? Para ninguém, de forma individual!


Obviamente que suplementos como a proteína Whey, Maltodextrina, Vitargo, Glutamina, Creatina monohidrato, Cafeína, Beta Alanina, Probióticos, Omega-3, Vitamina D-3  entre outros suplementos são uma grande e preciosa ajuda para melhorar a performance de um atleta ou até mesmo para melhorar a composição corporal de um simples praticante de musculação, mas juntar tudo num único produto tipo um Cocktail e esperar milagres é uma aberração.

Devemos SIM respeitar o tipo de treino de cada atleta, o objectivo, saúde metabólica, peso, altura, timming, no fundo a INDIVIDUALIDADE de cada atleta. E isso faz-se comprando suplementos SIM, mas separadamente e com quantidades ajustadas às necessidades de cada um.

Sem comentários:

Enviar um comentário