segunda-feira, 9 de junho de 2014

Fiambre de Perú?! O que estamos realmente a comer?

Tal como a Bolacha Maria, as Tostas, e o pão "integral", o Fiambre de Perú aparece em quase tudo que é "dieta" elaborada por profissionais da área para perder peso (como vimos aqui) e até, imagine-se, para baixar o colesterol como escrevi num anterior artigo.

Pertence ao senso comum achar que tal alimento é saudável e benéfico para controlar o peso.

Mas, será que já "perdeu" tempo a olhar para o rótulo?
Será que mais uma vez vale a pena confiar cegamente no que nos dizem? Sem tentarmos investigar um pouco aquilo que comemos?

O que vos vou apresentar aqui não é muito animador, se não vejamos o que é na realidade o Fiambre de Perú:


Pois é: temos duas vezes no mesmo alimentos adição de dois açúcares ( Dextrose + Sacarose), Sal e com os seguintes "E´s":

E-420 - Usado aqui para estabilizar e dar volume ao fiambre. É também ele produzido através da Dextrose
E-451 - Produzido exclusivamente de um modo sintético é usado com estabilizante, mas também para tornar o Fiambre mais fofinho.
E-407 - É um polissacarídeo, e é um agente espessante e estabilizante. Pode provocar inchaço e flatulência, devido à fermentação pela flora intestinal
E-621 - Usado para melhorar e intensificar o sabor. Faria algum sentido se com isso diminuíssem o sal, mas pelo contrário, neste produto até o adicionaram!!!
E-250 - Consevante que poder ser extraído ou produzido quimicamente a partir de nitrato de sódio.Os nitritos são precursores de nitrosaminas carcinogénicas, que são formados no estômago a partir de nitritos e proteínas. Altas concentrações podem reagir com a hemoglobina. Não é permitido em produtos destinados a crianças com menos de 6 meses??!! ver aqui

Após isto, ainda acha que está a comer um alimento? Ou começou a perceber que está a comer um produto industrial carregado de açúcar, sal e químicos?

Será este produto industrial capaz de o ajudar a perder gordura?
Será este produto industrial capaz de o ajudar a manter-se saudável?

Com tantos alimentos reais e verdadeiros, porquê recorrer a estas maravilhas da ciência alimentar???

Sem comentários:

Enviar um comentário