quinta-feira, 14 de maio de 2015

Sensibilidade à Insulina & Melhoria da Composição Corporal

A insulina está longe de ser uma hormona que trabalha contra nós (ou seja está longe de ser a responsável por nos engordar, pelo menos enquanto funciona BEM). O problema surge apenas quando há um mau funcionamento da insulina (Resistência à insulina), e infelizmente com os hábitos alimentares que a nossa população tem hoje em dia é o mais comum.

A insulina é uma hormona anabólica (tanto para ganho de massa muscular, como para ganho de gordura), o que acontece a uma pessoa com resistência à insulina é que para remover a mesma quantidade de glicose do sangue, segrega várias vezes o numero de quantidade de insulina necessária numa pessoa "normal". Ora cada vez que produzimos insulina, o nosso corpo pára de queimar gordura e em indivíduos com resistência à insulina a lípolise é inibida para um grau ainda maior.

Mas então como podemos fazer para melhorar a nossa sensibilidade à insulina (além de parar de consumir açúcar e alimentos processados a toda hora)? O que nos diz a ciência:
- Treino em Jejum
Training in the fasted state improves glucose tolerance during fat-rich diet.

- Treino de Força
Effect of dynamic strength training on insulin sensitivity in men with insulin resistance

- Canela e Alho - já aqui escrevi sobre o potencial da canela na melhoria da sensibilidade à insulina - ver aqui
Cinnamon Improves Glucose and Lipids of People With Type 2 Diabetes
Garlic improves insulin sensitivity

- Dormir. É notável a diminuição da Leptina (hormona responsável pela saciedade) e um aumento da estimulação da grelina (hormona responsável pelo apetite) - já aqui escrevi sobre a importância do sono, no que à composição corporal diz respeito - ver aqui -
Sleep Loss and Inflammation

- Perder Peso
Effects of weight loss on regional fat distribution and insulin sensitivity in obesity.

Há certamente outras maneiras com boa base cientifica para melhorar a sensibilidade à insulina (fora o que haverá para descobrir), mas a verdade é que esta pequena lista é um bom pequeno passo.

1 comentário:

  1. E relativamente à ingestão de hidratos de carbono simples (açúcares) no final do treino e a sua relação com a insulina, algum apontamento? É prejudicial?

    ResponderEliminar