quarta-feira, 16 de julho de 2014

Ovos Caseiros vs. Ovos de Aviário


Quem segue o blog, mas sobretudo todos os atletas que sigo directamente a nível nutricional, sabem a importância que dou a este alimento.

Este artigo, serve para dar voz à resposta que sempre dou quando me perguntam, sobre o facto de aconselhar ovos caseiros em detrimento dos ovos de aviário.

Os ovos comerciais (de aviário) são de galinhas que são colocadas dentro de gaiolas, galinhas essas que sofrem com o corte dos seus próprios bicos, não têm acesso ao ar livre, luz solar, ou alimentos naturais (pelo contrário, elas são alimentadas com rações de baixa qualidade que contêm antibióticos que são usados para controlar as doenças causadas pela superlotação e sujidade que está interligada com a quantidade de galinhas em tão curto espaço)

Há também ovos comerciais que se intitulam de ovos criados ao ar livre. Mas ser criado ao ar livre, pode significar que simplesmente que as gaiolas são expostas à luz solar, mas que mantêm todas as outras partes negativas dos ovos comerciais comuns: Não têm acesso a comida natural mas sim as rações convencionais neste tipo de criações (com antibióticos, com milho e soja GM). São ovos mais caros, mas que em nada aumentam a qualidade de vida do ovo e muito menos a qualidade de vida do próprio animal.

De à uns tempos para cá até ovos (comerciais) enriquecidos com omega-3 existe, mas este omega-3 extra que dizem ter não é por as galinhas terem acesso a qualquer tipo de pasto, de luz solar ou de comida natural, mas sim por adicionarem à ração (com antibióticos, com milho e soja GM) por exemplo algumas sementes de linhaça. Ora isto não faz do ovo enriquecido em omega-3, um melhor alimento. Todos os outros problemas atrás mencionados continuam a ser os mesmos!!!!

Por outro lado, os ovos caseiros são por norma de galinhas criadas em pequenas casas e campos de propriedade familiar e que deixam de parte todos os problemas encontrados nos ovos comercias:

  • As galinhas são alojadas em gaiolas espaçosas
  • Têm acesso diário a pasto e a comida natural
  • Não são alimentados com antibióticos
  • Não são limpos em água, como é obrigatório nos ovos comerciais (Quando uma galinha põe um ovo a casca é coberta com um revestimento externo conhecido como a "flor". A flor seca rapidamente selando-o e não deixando as salmonelas e outras bactérias nocivas ao aparelho digestivo penetrarem no ovo. 
Eu sou um fã incondicional dos ovos caseiros pela qualidade nutricional, pelo sabor, cor e consistência destes quando comparado aos do aviário. Felizmente tenho a felicidade de os ter disponíveis todos os dias. É que para além de serem mais saudáveis para o planeta (já aqui referi no blog, o custo para o planeta das plantações da soja e do milho geneticamente modificado), são mais ricos a nível nutricional (têm mais Vitamina A, Beta-Caroteno, Vitamina E e omega-3) e não nos expõem a antibióticos (fornecidos na ração das galinhas de aviário)

Só vos deixo um "aviso", a partir do momento em que começarem a comer apenas e só destes ovos, vocês nunca mais irão ser felizes a comer ovos com gema cor de laranja (dos ovos comerciais).

1 comentário:

  1. Ovos biológicos serão os mesmos de "ovos caseiros"? ou os biológicos industriais também poderão ter antibioticos, etc?
    Onde arranjar ovos caseiros em Lisboa?

    ResponderEliminar