quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Adipócitos Serão Apenas Células de Armazenamento de Gordura?

Tem sido negligenciado a função dos adipócitos no desenvolvimento da obesidade. Foram até consideradas passivas e com a única responsabilidade de actuarem como células armazenadoras de gordura.

Mas, o que sabemos agora é que os adipócitos não são simples reservatórios de gordura, mas são órgãos endócrinos activos e que desempenham várias funções metabólicas no organismo. Em indivíduos obesos os adipócitos têm um tamanho maior (que em indivíduos magros) e promovem a inflamação e uma libertação de uma série de factores que predispõem para a resistência à insulina.

Uma das ideias que mudou a maneira como olhamos para os adipócitos tem sido a descoberta do seu papel hormonal na regulação do metabolismo, no consumo de energia e no armazenamento de gordura.

A redução de Adiponectina pode ser causada por factores genéticos, como por estilos de vida que levam à obesidade (Má Nutrição/Falta de exercício). Esta redução tem um papel importante no desenvolvimento de resistência  à insulina, diabetes (tipo II) e doenças metabólicas

Há uma hormona (adiponectina) que é hormona responsável (entre outras coisas) por aumentar a sensibilidade à insulima (ver aqui), mas que em seres humanos com excesso de peso ou obesos as concentrações no plasma são reduzidas e relacionam-se com a resistência à insulina e a altos níveis de insulina em jejum.
As concentrações de leptina (que foi a primeira hormona identificada dos adipócitos, ver aqui), estão também altamente relacionada com o IMC. Quanto maior for o grau de obesidade, maior é também a carência do gene que codifica a leptina (é raro a deficiência de leptina em seres humanos, mas há de facto uma grande resistência dos receptores à acção desta adipocitocina). Curioso observar-se que a administração de leptina actua reduzindo a resistência à insulina (o efeito de melhorar a sensibilidade à insulina, não depende apenas da perda de peso)

Em conclusão, é agora evidente que os adipócitos não são simplesmente um armazém de gordura, são sim órgãos endócrinos activos que desempenham várias funções importantíssimas no organismo.

Sem comentários:

Enviar um comentário